Habilitar o Remote Desktop pelo Servidor

Remote Desktop é um recurso interessante do Windows Server 2003 que permite a você fazer o logon remotamente e trabalhar em uma máquina como se estivesse sentado no console local (no Windows 2000 Advanced Server, esse recurso foi chamado Terminal Services no modo de administração remota). Remote Desktop pode ser um salva-vidas para corrigir problemas em servidores em locais e remotos, mas quem se esqueceu de ativar o recurso antes ? Habilitar Remote Desktop é fácil se o servidor está na frente de você: faça o login como administrador, abra Sistema no Painel de Controle, selecione a aba Remoto, e sob Remote Desktop seleccionar a opção “Permitir aos utilizadores ligar remotamente a este computador. ” Infelizmente, você não pode usar o utilitário de sistema para permitir Remote Desktop em uma máquina remota, , em primeiro lugar ligar o console a um computador remoto, em seguida, botão direito do mouse no nó raiz e selecionando Propriedades. Infelizmente, como você pode ver na figura 1 abaixo, o guia Remoto não está disponível quando você acessar propriedades do sistema desta forma em uma máquina remota (aqui chamado SRV220).

Figure 1
Figure 1. Propriedades do Sistema para uma máquina remota não tem guia Remoto.

Felizmente, há uma solução. Sente-se em sua mesa e fazer logon em sua estação de trabalho do Windows XP usando suas credenciais de Administrador e iniciar o Editor do Registro Iniciar -> Executar – regedit -> OK. Em seguida, selecione a opção Connect Network Registry no menu Arquivo (Figura 2).

Figure 2
Figure 2. Conectando-se a Secretaria em uma máquina remota.

Isso abre a caixa de busca Select Computer. Ou procurar o Active Directory para localizar o servidor remoto, ou digite o seu nome na caixa de texto (Figura 3).

Figure 3
Figure 3. Conectando-se ao registro em um servidor remoto chamado SRV220.

Clique em OK e um nó será exibido no Editor do Registro para a máquina remota (Figura 4).

Figure 4
Figure 4. HKLM and HKU hives on SRV220.

Agora, navegue em HKLM SRV para encontrar a chave do Registro a seguir (Figura 5).

HKLM\SYSTEM\CurrentControlSet\Control\Terminal Server

Figure 5
Figure 5. Registry key for Terminal Server on remote machine.

Sob a chave do Terminal Server, você vai encontrar um valor REG_DWORD chamado fDenyTSConnection. Dê um duplo clique sobre esse valor para abrir a caixa Edit DWORD Value e alterar os dados de valor de 1 (Remote Desktop com deficiência) a 0 (Remote Desktop ativado), como na Figura 6 abaixo.

Figure 6
Figure 6. Set fDenyTSConnections to 0 to enable Remote Desktop on SRV220.

A máquina remota deve ser reinicializado para que as alterações entrem em vigor, assim que abrir um prompt de comando e digite o seguinte comando:

shutdown -m \\srv220 -r

Após a reinicialização do computador remoto, Remote Desktop deve ser habilitado no mesmo. Para testar isso de sua estação de trabalho, abra Iniciar -> Todos os Programas -> Acessórios -> Comunicações – Remote> Desktop Connection, digite o nome do servidor remoto na caixa de logon Remote Desktop Connection, fornecer sua senha de administrador quando solicitado , e você está dentro.

Este artigo foi traduzido automaticamente, podendo conter erros de português e coerência verbal e escrita.

Para ler o artigo original, clique aqui

Descubra se alguem anda pesquisando algo sobre você

O Google disponibiliza uma ferramenta que te avisa, por email, todas as vezes que o seu nome surgir em alguma ocorrência.

Você pode criar filtros para qualquer palavra, seu nome, ou seu blog pro exemplo, no caso basta entrar na página do Google Alertas, e digitar qual palavra de busca você deseja acompanhar.

Por exemplo, caso queira acompanhar toda vez que alguem procurar o nome Diego Piffaretti no google, basta entrar no google alertas e digitar “Diego Piffaretti” (entre aspas para exatidão na pesquisa)

Você ainda pode selecinar o tipo de pesquisa, a frequência e o tamanho do email.

Depois basta adicionar seu email no alerta e você receberá um alerta toda vez que Diego Piffaretti, no caso do meu exemplo, for pesquisado.

Para utilizar o Google Alertas , clique  aqui

Onda de suicidio na Foxconn está ficando preocupante

12th Foxconn Employee Jumps; Becomes 10th To  Die

Os suicídios na Foxconn continuam suscitando polêmicas. Empresas parceiras da Foxconn como a Apple, Dell, HP e Nokia indicaram que estão investigando o caso para saber quais são as condições de trabalho na empresa, enviando investigadores para as instalações das fábricas.

Para tranquilizar seus parceiros e o público, a Foxconn abriu as portas de suas fábricas para assegurar a todos que as condições de trabalho são boas e não há motivos ou pressões que gerem trabalhadores infelizes a ponto de estes cometerem suicídio. Já são 15 funcionários que tiraram suas próprias vidas.

A mais nova medida esdrúxula da empresa (após contratar um religioso para “limpar os maus espíritos”) é incluir uma cláusula absurda nos contratos dos funcionários: “juro que não me suicidarei”. Qual seria o tipo de punição para uma pessoa que não está mais nesse mundo? Afinal de contas, quem está pensando em se matar certamente tem problemas demais para pensar em tais cláusulas…

As condições de trabalho na China sempre foram objetivo de muita polêmica: os trabalhadores tem uma jornada de trabalho exaustiva e ganham muito pouco. Apesar dos pesares, essa é uma das principal causas do sucesso econômico chinês: a mão-de-obra-barata gera interesse em multinacionais, pois quanto menor os salários, maiores os lucros das companhias.

Ficamos na torcida para que não haja mais nenhum suicídio e que tudo volte ao normal na Foxconn.

Explicação das mortes:

Analisando os reais motivos de tal ato desesperado, uma ótima justificativa apareceu:

Normalmente, o salário pago a um funcionário é de 900 Yuan por mês (aproximadamente US$130). Porém, em caso de morte de um funcionário, a família é indenizada em 110.000 Yuan, o que corresponde a US$16 mil 8O

Dá pra acreditar numa coisa dessas?