Nova sacada da Intel:atualizar processador via download

Não é preciso muita procura para encontrar, no orkut ou Yahoo! Respostas, gente pedindo link para baixar o “blutúf”, mais memória ou “o java” no celular. Não é surpresa, também, que há anos, desde a época do Pentium III Coppermine, a Intel reaproveita processadores com cache defeituoso em linhas low-end, no caso do PIII, nos Celeron. É a chamada linha de produção unificada, que permite a produção de mais CPUs para diferentes segmentos (e bolsos). Antes de crucificar a empresa, saiba que a concorrente AMD também faz isso, o que explica a ativação do quarto núcleo nos Phenom X3.

Processador shareware da Intel.A novidade é que, agora, a Intel torna os devaneios populares em cruel realidade: aumentar o desempenho de hardware via download. Uma denúncia, feita por um leitor do Engadget, escancara a nova estratégia da gigante dos processadores. Em vez de vender CPUs defeituosas, a Intel está colocando modelos totalmente funcionais com recursos capados via software. O pulo do gato? O usuário pode desbloquear essas limitações, pagando US$ 50.

O processador-shareware (conveniente apelido cunhado pelo Morimoto) em experimentação é o Pentium G6951. Se o usuário fizer uso do Intel Upgrade Service, o produto ganha mais 1 MB de Cache L3 e Hyper Threading.

A situação é análoga à da 2K Games e seu BioShock 2. Vendido por US$ 49,90 na época do lançamento, pouco depois teve um DLC lançado por módicos US$ 4,99. O problema é que do “DLC“, a única consoantes verdadeira era o “C“, pois o conteúdo “novo” já estava no disco. A atualização consistia em míseros kilobytes que a desbloqueava na instalação original.

O novo modelo da Intel está em testes em alguns mercados selecionados. Será que cola?

US$ 50 por mais desempenho.

Fonte

Programa de capacitação Students to Business

Este texto foi escrito pelo colega Atilla Arruda, da comunidade TECHNET-Microsoft

A Microsoft sempre procurou incentivar os estudantes de tecnologia de uma forma positiva. Prova disso são as diversas promoções de certificação para quem é estudante. Por outro lado, outro excelente programa da Microsoft é o conhecido S2B. O programa Students to Business é uma iniciativa da Microsoft, dos Parceiros da Microsoft e as principais universidades do país com o objetivo de capacitar estudantes nas áreas de TI e oferecer oportunidades de emprego.

Para tanto, os alunos recebem capacitação em tecnologias Microsoft nas áreas de Desenvolvimento de Software, Infra-estrutura e, em algumas localidades, em Banco de Dados (DBAs), Criação de Websites e CRM (Dynamics).

Os estudantes serão submetidos a treinamento gratuito, de quatro e 84 horas. As aulas acontecem nas unidades dos Centros de Inovação mantidos pela Microsoft em várias cidades do país e em instituições parceiras. Outro ponto muito positivo deste programa é o de que os participantes do S2B terão direito a licenças para download gratuito dos softwares utilizados nos treinamentos para dar continuidade prática do conteúdo aprendido utilizando o computador pessoal.

As empresas que apoiam o programa, e que demandam mão de obra especializada, oferecerão oportunidades de emprego ou estágio no fim da capacitação. O programa já capacitou mais de 90 mil estudantes para o mercado, desde quando foi criado, em 2007.

Ficou interessado neste programa? Gostaria de conhecê-lo um pouco mais? Verifique agora mesmo o website oficial do S2B:

www.programaS2B.com.br

Evolução do logotipo do Internet Explorer

Há 15 anos atrás, em 16 de Agosto de 1995, era lançada a primeira versão do Microsoft Internet Explorer. Começava então a história de um browser que se confunde com a história da própria internet e que não dá sinais de que vá se encerrar tão cedo.

Em 15 anos o logotipo do Internet Explorer já foi mudado diversas vezes, confira na imagem a seguir os diferentes logos do IE:

ie 580x408 A evolução do logotipo do Internet Explorer

Fonte