Quem disse que Linux não tem jogo? Veja aqui dezenas

Se você sempre teve que aguentar seus amigos chatos falando “LOL, Linux é uma porcaria, não tem nem jogos, e os que existem mal podem ser instalados”, saiba que agora você vai poder juntar todo o seu ódio acumulado durante anos e anos e esfregar na cara deles uma grande quantidade de bons jogos para o Linux.

Como? Usando o Penguspy!

Imprima essa imagem e esfregue na cara daquele trollzinho que reclama da falta de jogos no Linux

 

Penguspy é um daqueles achados da internet, um site que tem como objetivo listar a maior quantidade possível de jogos para Linux. Mas não apenas listar, como também permitir que os usuários classifiquem e comentem sobre os jogos. Assim, a grosso modo, cria-se uma “rede social” de fãs de jogos compatíveis com Linux.

Obviamente, não são apenas jogos livres que estão listados, é possível também encontrar também jogos comerciais das mais diversas modalidades, assim como jogos compatíveis também com outros sistemas operacionais. Para facilitar a vida dos fãs, o site também conta com um feed, atualizado a cada vez que um novo jogo é adicionado ao banco de dados.

Penguspy não é uma loja, nem mesmo uma tentativa de emular o Steam. É mais uma grande idéia que tem muito para dar certo, um repositório de jogos compatíveis com Linux misturado com conceitos básicos de rede social. E, se você sonha em trabalhar como desenvolvedor de jogos, ainda pode conversar com vários desenvolvedores e ter acesso a diversos códigos-fonte para aprimorar seus conhecimentos. Não é uma boa? :)

Fonte

Anúncios

IE9 terá função anti-rastreadora

Todas as novas versões dos navegadores mais usados já contam com um chamado modo privado. Embora o nome varie bastante de navegador para navegador, todos eles tem a mesma função: permitir uma navegação anônima e que não salve dados no histórico ou cache. Mas a Microsoft planeja implementar um novo recurso no IE9 que deve complementar esse modo de navegação e ao mesmo tempo acalmar os paranoicos por privacidade.

São dois recursos que deverão agir em conjunto. O primeiro, chamado de Tracking Protection, vai permitir que usuários do IE9 identifiquem e bloqueiem diversas formas de rastreamento que muitas vezes ficam escondidas em páginas, como scripts e cookies de navegação. O segundo, chamado de Tracking Protection List, vai deixar que o usuário crie uma lista de sites que podem rastrear suas atividades na web e quais não. Esse último funciona como a conhecida extensão Adblock para Firefox, só que ao invés de bloquear apenas anúncios, pode bloquear conteúdos de outros sites que estejam rastreando as atividades de usuários na web.

A criação dessa característica é uma resposta direta a uma proposta da agência americana FTC de criar uma espécie de Do Not Call List (lista ‘não me ligue’, usada para cadastrar números de telefone que não querem receber ligações de telemarketing), só que para a web. A proposta foi apenas divulgada e está longe de entrar na lei americana, mas a Microsoft se adiantou e criou logo o que eles queriam antes que fossem obrigados a fazê-lo.

Essa versão do Internet Explorer 9 com o Tracking Protection embutido deverá estar disponível no começo do ano que vem.

Fonte