Exchange no Android

Dica da minha colega de Microsoft Sara Barbosa

Eu como usuario Android no meu mobile, vi essa dica no blog da TIA SARA,  e resolvi compartilhar aqui.

Tudo bem q ela tem um Defy que entra ate de baixo dagua, mais a dica vale pro seu Galaxy 5 tbm ( que eh o meu) 😦

Leia o post completo da Sara : CLIQUE AQUI

Google agora até dentro do seu corpo

Era questão de tempo: o Google já nos permite explorar a Terra, os mares, o céu – só faltava entrar no nosso corpo. Não falta mais! Com o Google Body Browser, você pode ver um corpo humano camada a camada no seu navegador, sem instalar qualquer plugin.

O navegador corporal funciona nos navegadores com suporte a WebGL, padrão aberto de renderização de imagens, e suportado pelo Chrome e Firefox. Você pode ver músculos, ossos, órgãos, e os sistemas circulatório e nervoso, dar zoom e ativar etiquetas com o nome de cada região do corpo.

A função mais legal é a busca: digite o nome de um órgão ou região do corpo e você é levado direto a ela. Ele até tenta adivinhar qual parte você está digitando – ou seja, você não precisa digitar o nome todo nem teclar Enter para achar seu estômago, veia cava ou escroto. Você pode até copiar o link da página e compartilhá-lo, para ir direto à imagem, camada e nível de zoom que você estiver vendo. Nem todos os órgãos estão mapeados: digitar “heart” não te leva ao coração – mas o serviço está em beta, então isto deve ser melhorado com o tempo.

E tem um detalhe: o Google Body Browser está todo em inglês, e segundo o Google Brasil, não há planos para traduzi-lo para o português. Felizmente, você pode combinar seus conhecimentos de biologia com o Google Tradutor e ir navegar pelo corpo humano. [Google Body Browser via Folha] Fonte

Migrando a Máquina Virtual do Virtual PC para o Hyper-V e voltando para o Hyper-V

Dica do Wilsterman Fernandes

Neste artigo vamos falar sobre a migração de Máquinas Virtuais do Virtual PC 2007 ou do Virtual Server 2005 para o Hyper-V e vice-versa. Windows 7 Virtual PC é um produto diferente e não foi testado e não será tratado neste post. Migrando para o Hyper-V é oficialmente suportado pela Microsoft. Migrando do Hyper-V não é, razão pela qual este blog é necessário. Há dois obstáculos para a migração completamente bem sucedida:

1. Virtual Machine Addition e Integration Services devem ser retirados na unha.

2. Virtual PC / Virtual Server e o Hyper-V tem HAL´s diferentes. Virtual PC e Virtual Server instala um Advanced Configuration and Power Interface HAL. Hyper-V instala uma HAL ACPI. Eles não são a mesma coisa. Eles não são totalmente compatíveis.

Continuar lendo

Trocando de Janelas entre 2 monitores

Para quem tem dois monitores , que já melhora em muito a produtividade,  imagine conseguir trocar/chamar uma janela ativa do monitor 2 para o monitor 1, ou vice versa ?

Baixando e Descompactando

Baixe o programa SwapWin e descompacte-o na Raiz do Sistema C:/ , em seguida baixe o  arquivo  swapdisplays.rar e também descompacte-o no menu inicializar do sistema, no caminho  “C:\ProgramData\Microsoft\Windows\Menu Iniciar\Programas\Inicializar”

É muito importante informar que o arquivo swapdisplays.exe contém as configurações das teclas de atalhos escolhidas,  além do caminho do arquivo SwapWin.exe a ser executado, portanto se houver algum erro pode ser que  o arquivo SwapWin.exe não esteja na raiz do sistema.

Para automatizar processo você deverá indicar o arquivo swapdisplyas.exe para ser executado na inicialização do sistema, conforme demonstrado acima.

Feito isto basta reiniciar o computador  e todo o processo estará pronto para uso, lembrando que a tecla de atalho para trocar as janelas entre os displays são, tecla do Windows + Q.

Fonte

vhd do Windows Server 2003 para vc estudar para a 70-290 e 70-291

Mias uma dica do meu colega Ronaldo Barros:

 

 

Olá

Pessoal pra quem quer fazer um laboratório de Windows 2003 e não quer ficar usando ativação do Windows 2003

Segue este link onde a própria Microsoft disponibiliza o Windows Server 2003 R2 Enterprise em VHD por 60 dias.

Só baixar e rodar em seu ambiente.

 

Link Download

Road Show 2011: Conheça as cidades visitadas

Informação cedida pelo colega Fabio Hara

A lista de cidades e as datas serão essas:

Ainda não tenho os locais, mas ja comece a programar sua comunidade para agitar o evento!

Um dos pontos que sempre foram recorrentes do Feedback da comunidade (durante o Community Zone) foi justamente o engajamento e reconhecimento da comunidade por parte da Microsoft. Ao meu ver é justo e absolutamente necessario, pois a comunidade nada mais é do que os “representantes” da comunidade na região.  Desta forma pensamos no seguinte para reconhcer a comunidade:

  1. Durante o RoadShow haverá sempre ao final do dia uma mesa-redonda exclusiva entre os influenciadores locais e o time Microsoft do RoadShow. isto signfica que é um otimo momento para conhecer novas pessoas e obter feedback sobre programas/ações da Microsoft.
  2. Antes de cada palestra fazemos questão de apresentar cada influenciador que estiver presente. A ideia é apresentar ao publico local que existem pessoas na região altamente capacitadas. Sim, vamos apresentar um por um que estiver presente e estas pessoas vão nos auxiliar durante todo o evento sanado duvidas do publico ou tambem é claro engajamento outras oportunidades.
  3. Ao termino de cada sessão pretendemos deixar 5 min para que cada lider de grupo se apresente para falar do grupo em si e como podem ser contactados

O objetivo é dar ao publico o reconhecimento para a comunidade local presente. Isto dará maior visibilidade ao trabalho de voces na região, pois entendo que é diferente quando alguem da Microsoft apresenta alguem da comunidade como especialista. O RoadShow vai passar pela cidade, porem a comunidade local continua e vai dar continuidade ao trabalho.

Ainda temos algumas outras novidades porem quero deixar para falar sobre elas depois, assim que estiver 100% concretizado. Aguardem , porque será uma mega novidade para os influenciadores.

Acompanhem meu blog e o do Rodrigo Dias (blogs.technet.com/rodias) pois ele tambem esta postando algumas informações bacanas.

Computação Forense: S.O Forense

pericia forense computacionalNesse primeiro post sobre Pericia Forense Computacional, eu vou falar um pouco sobre os sistemas operacionais que foram criados pensando nesses profissionais que são conhecidos por muitos como caça-Hackers.

Os peritos forense computacionais, resumindo são basicamente responsáveis por encontrar provas em um sistema computacional que incrimine  um suspeito. Em um próximo post eu falarei mais sobre o que é ser um perito computacional, qual o seu trabalho e quais artimanhas eles usam.

Hoje em dia existem diversas ferramentas e até mesmo sistemas baseados em Linux que foram desenvolvidos voltados exclusivamente para os peritos computacionais. Esses sistemas contém programas do tipo: recuperador de arquivos apagados (ladrão de sepultura), analisadores de logs do sistema e programas, vasculhador de tarefas executadas no sistema, analisador de protocolos enviados e recebidos na rede, programas de brute force para quebrar senhas, entre outras coisas. Esses sistemas são como um arsenal de ferramentas forense e hacker.

Dentre esses sistemas forense estão os dois mais conhecidos:

BackTrack

Conhecido por muitos como a distribuição Linux para Hackers, o BackTrack também possui diversas ferramentas forense, dentre elas as mais usadas pelos peritos como: Foremost, AIR Imager, Allin1, Scrub, Wipe, entre outros.

backtrack digital forensics

Caine

Baseado no Ubuntu o Caine é uma distribuição Linux que foi projetada pensando exclusivamente em investigação forense, nesse SO o perito poderá encontrar grande parte das ferramentas necessárias para fazer uma varredura completa no sistema prejudicado.

Caine

Quem quiser baixar alguma das distribuições acima basta clicar sobre o nome das mesmas.

Apesar de existirem sistemas operacionais próprios para peritos, alguns peritos tem gostos e preferências a parte, e preferem usar uma distribuição que ele goste como Ubuntu, e nela ele instala os programas necessários para o seu trabalho, isso vai do gosto de cada perito, como a maioria das ferramentas forense são criadas para ambiente Linux e são open source, o perito pode equipar a sua distribuição Linux da forma que quiser.

Bom, essa foi o primeiro post sobre Pericia Forense Computacional, em breve estarei postando outras matérias sobre esse assunto, tenho certeza que vai interessar a todos :D .

Fonte

Dica: Aumentar o disco no VMWARE

VMWare

No VMWare Workstation, existe uma ferramenta chamada :
vmware-vdiskmanager.exe
na pasta aonde vc instalou o programa.

Digamos q vc tem um Windows xp virtual com HD de 10GB e quer botar ele com 15GB. seu HD se encontra na partição D:

Abra o Dos do seu Xp “menu iniciar” “executar” e digite “cmd.exe” depois digite
c:\Arquivos de programas\VMware\VMware Workstation
\vmware-vdiskmanager.exe -x 15GB “D:\VM\Windowsxp\Windowsxp.vmdk”

o parametro -x representa mudar o tamanho do HD virtual.
15GB representa o novo tamanho e o caminho do seu hd virtual tem q estar entre aspas.

Apos isso, de enter que aparecerá uma contagem . quando acabar o programa emite uma msg recomendando usar uma ferramenta de particionamento para fazer com que o windows reconheça o novo tamanho.
Use a q vc prefere. Acronis, Partition Magic, Gparted, entre outros tantos.
Usei o Partition Magic e apenas fiz um “resize” da partição, assim ocupando tudo.

Câmera de video com Projetor

A nova câmera de vídeo digital da BenQ trás uma novidade muito legal, um mini projetor Pico integrado!

A BenQ DV S11 Camcorder tem tela LCD colorida de 3.5”, grava vídeos HD com resolução 1080p (30fps) ou 720p (60fps) e fotos com 5MP, mas o grande diferencial é o projetor Pico que permite projetar seu filmes numa “tela” com até 50 polegadas.

A BenQ DV S11 vai custar por volta de US$310. Mais informações no site da BenQ.

Fonte