Criando hash de arquivos

Texto escrito pelo meu amigo Fabiano Barreira

O HashMe é um utilitário para gerar resultados hash de arquivos. Para quem não sabe o que é hash, entendam como uma assinatura única que cada arquivo possui, essa assinatura pode variar de acordo com o algoritmo de hash utilizado. Teoricamente, esse hash tem que ser único para cada arquivo e qualquer alteração no mesmo, como a inserção de uma vírgula no texto por exemplo, muda completamente o resultado final. Esse é um resumo bem básico do conceito, sugiro pesquisas mais a fundo para conhecerem melhor sobre o assunto. Há muito material disponível.

Você checar o hash de um arquivo antes de enviar para alguém e checar novamente assim que o mesmo for entregue, garante que nenhuma alteração foi feita caso o resultado do hash se mantenha igual. Ou seja, o arquivo não sofreu nenhuma alteração ou adulteração no caminho até o seu destino.

Abaixo segue a tela de ajuda do Hash Me:

Exemplo:

1) hashme.exe meutexto.txt -md5
Irá gerar o hash MD5 do arquivo meutexto.txt

2) hashme.exe meutexto.txt -c
Irá criar no diretório corrente o arquivo meutexto.txt.hashme, esse arquivo contém a assinatura SHA256 do arquivo meutexto.txt
Caso o comando seja digitado novamente, ao invés de criar um novo arquivo .hashme ele irá identificar o já existente no diretório corrente e irá checar se o arquivo meutexto.txt foi adulterado ou não.

O Hash Me é gratuito e pode ser obtido no link http://sourceforge.net/projects/hashme

Anúncios

Guitarra que ensina a tocar com LEDs

A Optek Music Systems tem uma linha de guitarras hi-tech com LEDs que vai ajudar muito quem está aprendendo a tocar!

A guitarra Fretlight LED é bem parecida com as guitarras normais e sua grande diferença está no braço com vários pontos com LEDs que acendem indicando a posição dos dedos. Assim fica muito mais fácil de aprender, sem ter que usar aqueles desenhos com pontinhos encontrados em livros e revistas.

A Fretlight LED está disponível em vários modelos diferentes e o site diz que um iniciante pode tocar guitarra em apenas 10 minutos. Todos os modelos vêm com software de transferência Fretlight Studio para MAC e Windows.

As guitarras com LED custam de US$399 a US$1.199 na Fretlight Store.

Fonte:DigitalDrops

PCs infectados com DNSChanger são desconectados

Nesta segunda-feira, 09 de julho, máquinas infectadas com o malware DNSChanger sofrerão uma espécie de apagão por conta do FBI. Os servidores que disponibilizam internet para as máquinas infectadas serão desligados, e isto não só no Brasil, mas também no mundo todo.

Para quem ainda não conhece o malware DNSChanger, terão a breve oportunidade de verificar se ele esta alojado em sua máquina e também conhecer um pouco dele. A princípio, vamos verificar se o malware esta alojado em seu computador ou notebook, usando um recurso online do McAfee.

Para isto, clique aqui e logo após, clique em Check Now.

Aguarde a verificação ser finalizada. Se seu computador ou notebook estiver infectado, aparecerá na tela do site uma notificação o alertando, porém, caso ele não estiver, irá aparecer que esta tudo OK, como na imagem abaixo.

 

Mas o que o DNSChanger faz?

O malware DNSChanger tem, como função, alterar toda configuração do Sistema de Nome de Domínio (DNS) da máquina, redirecionando o usuário à páginas consideradas proibidas na internet (páginas com relação ao crime e afins). Há também a possibilidade de seus dados pessoais serem roubados. O malware só tem a capacidade de infectar computadores ou notebooks com os sistemas operacionais Windows ou MacOS. Para os utilizadores do sistema operacional livre GNU/Linux (Ubuntu, Fedora, Linux Mint, Slackware, OpenSUSE, Debian etc.) podem ficar tranquilos, pois o DNSChanger não foi feito para infectar este abençoado sistema operacional.

Fonte;Infomaniaco