Pesquisa mostra 10 práticas de corrupção do brasileiro

Quase um em cada quatro brasileiros (23%) afirma que dar dinheiro a um guarda para evitar uma multa não chega a ser um ato corrupto, de acordo com uma pesquisa feita pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e o Instituto Vox Populi. Os números refletem o quanto atitudes ilícitas, de tão enraizadas em parte da sociedade brasileira, acabam sendo encarados como parte do cotidiano. As informações são da BBC Brasil.

“Muitas pessoas não enxergam o desvio privado como corrupção. Só levam em conta a corrupção no ambiente público”, diz o promotor de Justiça Jairo Cruz Moreira. Ele é coordenador nacional da campanha do Ministério Público. Como lida diariamente com o assunto, Moreira ajudou a BBC Brasil a elaborar uma lista de dez atitudes que os brasileiros costumam tomar e que, por vezes, nem percebem que se trata de corrupção. Veja quais são elas:

– Não dar nota fiscal
– Não declarar Imposto de Renda
– Tentar subornar o guarda para evitar multas
– Falsificar carteirinha de estudante
– Dar/aceitar troco errado
– Roubar TV a cabo
– Furar fila
– Comprar produtos falsificados
– No trabalho, bater ponto pelo colega
– Falsificar assinaturas

“Aceitar essas pequenas corrupções legitima aceitar grandes corrupções”, afirma o promotor. “Seguindo esse raciocínio, seria algo como um menino que hoje não vê problema em colar na prova ser mais propenso a, mais pra frente, subornar um guarda sem achar que isso é corrupção”, diz.
Segundo a pesquisa da UFMG, 35% dos entrevistados dizem que algumas coisas podem ser um pouco erradas, mas não corruptas, como sonegar impostos quando a taxa é cara demais.

Anúncios

Livros de Seguranca Resposta a Incidentes e Forense Computacional

O Richard Beijtlich publicou hoje uma lista de leituras recomendadas em seu blog, motivada pela solicitação de um Coronel da Força Aérea Norteamericana:

Segue o link do post do Richard:

http://taosecurity.blogspot.com.br/2012/11/commanders-reading-list.html?m=1

Segue a lista:

“Nontechnical books:
Technical books:

I also recommend any books by Timothy L Thomas.”

Conheça serviços que medem sua ‘influência’ na internet

Em tempos em que a capacidade de atingir a audiência de forma precisa está cada dia mais valorizada, os sites que medem o ‘valor’ de cada internauta estão se multiplicando. Hoje sua “sugestão”, seu “curtir”, seu comentário, seu tuite, seu +1, sua pin-it, etc, podem estar valendo ouro para quem tenta entender como isso tudo se relaciona com a influência e a audiência da internet.

A conta é feita, no geral, pela quantidade de seguidores, números de curtições, retuites e comentários às suas postagens. Assim se chega a um valor que lhe é atribuído. O nível de engajamento, ou seja, a interação dos outros usuários às suas publicações, conta mais do que a quantidade de seguidores ou fãs. Então não adianta só ter muitos seguidores, é preciso que eles curtam e comentem o conteúdo que você gerar.

Serviços

Peerindex atribui um número que mede sua ‘relevância’ na rede. (Foto: Reprodução)

O Peerindex acredita que a internet é você, feita pelo conteúdo que você publica e que sem você ela seria muito chata. Eles querem saber quem são as pessoas que lhe influenciam e quais são influenciadas por você. O índice gerado seria uma maneira de aproximar pessoas com interesses semelhantes através do mundo. Por outro lado lhe é oferecida uma maneira de ‘aumentar’ a sua pontuação, através dos peerperks. Que são prêmios que você se candidata a ganhar em troca de divulgar o produto.

http://www.peerindex.com


Empire Avenue

O Empire Avenue se diz “o jeito mais rápido e eficiente” de avaliar suas conexões sociais. Parece, e não deixa de ser, mais um joguinho. É uma bolsa de valores onde a ‘ação’ é você. Aqui também sua atuação nas redes sociais é analisada e um score lhe é dado. E esse score pode ser melhorado com o cumprimento de ‘missões’. Missões essas que consistem em curtir, tuitar, etc. algum conteúdo ou pessoa.

http://www.empireavenue.com


Klout

O Klout é talvez o mais conhecido. Sua missão, segundo eles, é potencializar a influência de cada internauta. É simples e direto. Avalia suas conexões sociais, lhe dá uma pontuação e também lhe oferece uma maneira de aumentar o score através da divulgação de produtos. Permite que você ‘valorize’ quem lhe influencia ao dar ‘+K’ e ajudar a aumentar o score da pessoa. É o único que conta com uma app para smartphones.

http://klout.com


Todos esses medidores se propõem a lhe ajudar a aumentar sua influência nas redes sociais lhe sugerindo novas conexões com pessoas que possam lhe interessar ou requisitando que você divulgue produtos indicados à sua faixa de influência. A princípio poderíamos pensar que é apenas mais uma forma de nos oferecer novos produtos. Mas pensando bem, não seremos nós o produto?

Fonte:LinhaDefensiva