Fórum Mundial Econômico – The Global Risks Report 2019 – Minha Análise

O fórum mundial econômico que ocorre em Davos, na Suiça, este ano ocorrendo nas datas de 22—25 Janeiro 2019, apresentou seu 14° relatório anual de Riscos.

Líderes políticos, acadêmicos e responsáveis das maiores empresas mundiais se reúnem nesse fórum. Esses encontros servem para debater o futuro da economia global e para analisar os riscos que podem ameaçar o mundo. Dias antes do encontro anual, o Fórum Econômico Mundial publica o relatório sobre os maiores riscos globais.

Trata-se de uma pesquisa com mais de mil especialistas e tomadores de decisão. No relatório deste ano, no topo da lista dos riscos que causam o maior impacto e que têm a maior probabilidade de ocorrer estão: i) eventos climáticos extremos; ii) não conseguir mitigar e adaptar às mudanças do clima; iii) desastres naturais; iv) Cyber Ataques.

Para Alison Martin, do Grupo Zurich de seguros, “o ano passado foi marcado por incêndios históricos, inundações contínuas e aumento das emissões de gases de efeito estufa. Não é surpresa que, em 2019, os riscos ambientais dominem mais uma vez a lista das principais preocupações.

O que chama atenção é que se não me falha a memória a pelo menos de 5 anos pra cá o tema Cyber Ataque vem sempre aparecendo e cada vez mais ganhando maior destaque.

Abaixo o quadrante mágico de 2019 de Riscos mundias considerando seu Impacto X Probabilidade

quadrante_magico

 

Preocupações sobre fraude de dados e ataques cibernéticos foram destaque.

Cerca de dois terços dos entrevistados esperam que os riscos associados com notícias falsas e roubo de identidade irão aumentar em 2019, enquanto três quintos disse o mesmo sobre privacidade para empresas e governos.

Existe uma parte no site do Fórum Mundial Econômico que ele mostra mostra uns infográficos interessantes, tentei fazer um compilado aqui:

infografico01

Ciberataques maliciosos e negligentes levaram a violações maciças de informações pessoais em 2018. O maior estava na Índia, onde a base de dados do governo, Aadhaar, supostamente sofreu várias violações que potencialmente comprometeu os registros de todos os 1,1 bilhões de cidadãos registrados. Isto foi relatado em janeiro/18, e os criminosos estavam vendendo acesso ao banco de dados a uma taxa de 500 rúpias por 10
minutos, enquanto em Março um vazamento em um companhia estatal de serviços públicos permitia baixar nomes e números de identificação. Em outros casos,
violações de dados  afetou em torno 150 milhões de usuários do Aplicação MyFitnessPal, e cerca de 50 milhões de usuários do Facebook. Vulnerabilidades cibernéticas podem vir
de lugares  inesperados, como mostrado em 2018 pelo Meltdown e ameaças Specter, que
envolveu fraquezas no hardware do computador  em vez de software. Eles potencialmente afetaram cada processador Intel  produzido nos últimos 10 anos.

A  vulnerabilidade potencial de infra-estrutura tecnológica tem cada vez virado mais uma  preocupação nacional de segurança.

Um exemplo citado no relatório, diz que um ciberataque bem-sucedido em um
sistema elétrico do país, por exemplo poderia desencadear efeitos devastadores. Uma estimativa sugere que concessionárias de energia gastaram US $ 1,7 bilhão em 2017, na proteção de seus sistemas contra ataques cibernéticos.

O relatório ainda cita que quando algo sai errado em um sistema complexo, os problemas começam aparecendo em todos os lugares, e é difícil descobrir o que está acontecendo. Isso significa que problemas fora de controle e até mesmo pequeno
erros podem se transformar em verdadeiros colapsos, um desafio em tanto tanto pra as equipes de defesas das empresas.

Para quem quiser ter acesso completo ao Report, CLIQUE AQUI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s