Diferença de teste Estático e Dinâmico

As duas metodologias abordam as aplicações de maneira muito diferente. Eles são mais eficazes em diferentes fases do ciclo de vida de desenvolvimento de software (SDLC) e encontram diferentes tipos de vulnerabilidades. Por exemplo, o SAST (Teste Estático) detecta vulnerabilidades críticas, como cross-site scripting (XSS), injeção de SQL e estouro de buffer anteriormente no ciclo de desenvolvimento. O DAST (teste dinâmico), por outro lado, usa uma abordagem de teste de penetração externa para identificar vulnerabilidades de segurança enquanto os aplicativos da Web estão em execução.

IG_SASTvsDAST_011918

As técnicas SAST e DAST se complementam. Ambos precisam ser realizados para testes abrangentes.

Para SAST eu estou mais acostumado com Sonarqube ou checkmarks, para DAST costumo usar muito o Burp, ferramenta bem conhecida pela galera de Teste de Invasão. Tem o Acunetix também que faz DAST e é bem conhecida. Totalmente free, para DAST eu gosto do Zap Proxy.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s